Overblog Suivre ce blog
Administration Créer mon blog

Présentation

  • : Le blog du portugais à Châtillon
  • Le blog du portugais à Châtillon
  • : Petit support amusant des cours de portugais tout aussi amusants de l'association Franco-portugaise de Châtillon Malakoff - Apontamentos
  • Contact

Recherche

Catégories Des Articles

18 septembre 2012 2 18 /09 /septembre /2012 22:29

 


En portugais (du Portugal) on dit aussi "bejeca" ou "jola" quand on parle (en argot) de la bière
"Vou beber uma bejeca", "Apetece-me uma bejeca bem fresca"
C'est un diminutif, apparemment  : cerveja-->cervejeca-->bejeca
Comme cerveja-->cervejola--> Jola

 

Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr - dans Bonus
commenter cet article
17 septembre 2012 1 17 /09 /septembre /2012 23:24

5374615_700b.jpg

Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr
commenter cet article
13 septembre 2012 4 13 /09 /septembre /2012 23:23

valentine_9782746714199FS.gif

Joli livre (que je n'ai pas encore fini) pour enfants (un peu grands), sur les Portugais de France, leur(s) histoire(s) ici, là-bas, Salazar, les passeurs, les travaux pénibles, la solidarité, le monde ouvrier, les hommes, les femmes.... le reste, je vais le découvrir aux chapitre suivants, avec les enfants.


C'est vu par un enfant, à raconter aux autres !

 

Il existe plusieurs livres dans la collection, je les prendrai tous !

 

En prêt à la bibliothèque du Centre (Guynemer, à châtillon)

Tata.

 

http://livre.fnac.com/a2853641/Valentine-Goby-Joao-ou-l-annee-des-revolutions

 

PS : merci à tous pour le buffet de samedi et surtout les pasteis de nata !

Repost 0
10 septembre 2012 1 10 /09 /septembre /2012 21:25

Une petite vidéo pour expliquer la culture des açores !

 


 
Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr - dans Bonus
commenter cet article
6 septembre 2012 4 06 /09 /septembre /2012 22:59

La négation, en portugais. Mais aussi en Espagnol, italien ou français !

 

Nada, nem sequer, ainda não 

 

-       Pas du tout. Per niente. En absoluto. Nada.

 

Il a menti ? – Pas du tout! Ha mentito? – Per niente !

¿Ha mentido? - En absoluto. Ele mentiu ?- Não mentiu nada.

 

-       Même pas. Nemmeno (neanche).  Ni siquiera. Nem sequer.

 

Il ne joue même pas aux échecs. Non gioca neanche a scacchi.

No juega ni siquiera al ajedrez. Ele nem sequer joga xadrez.

 

Elle t’a remercié au moins ? – Même pas! Almeno ti ha ringraziato? Nemmeno (neanche) !

¿Al menos te dio las gracia,? Ni siquiera. Ela pelo menos agradeceu-te? Nem isso!

 

-       Pas encore. Non ancora. Todavía no.  Ainda não.

 

Il ne joue pas encore aux échecs. Non gioca ancora a scacchi.

Todavía no juega al ajedrez. Ele ainda não joga xadrez.

 

Alors, tu es prêt? – Pas encore! Allora, sei pronto? – Non ancora.

Bueno ¿Estás listo? Todavía no. Então, já estás pronto? - Ainda não!

Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr - dans Bonus
commenter cet article
6 septembre 2012 4 06 /09 /septembre /2012 14:49

Hello !

Suite à la note sur le nouvel accord orthographique portugais, je mets en ligne le travail de ma nièce sur le même sujet *merci beaucoup* :-)  !]

 

paises_acordo_ortografico.jpg

 

acordo.JPG

 

 

Em 1990, por razões principalmente luso-brasileiras no sector da literatura, um novo acordo ortográfico foi elaborado para satisfazer (especialmente) os leitores brasileiros que são bem mais numerosos do que os portugueses.

Após [après] mais de vinte anos, esse novo acordo vai entrar em rigor oficialmente em Setembro de 2011. Mas será que esta nova ortografia vale a pena? Será que não vai prejudicar a nossa cultura portuguesa e as características da língua portuguesa de Portugal? Será que este acordo é mesmo necessário?

 

Qualquer língua evolui, é um fenómeno cultural e inevitável pois as pessoas e os países evoluem e mudam porque há acontecimentos históricos que surgem: invasões, colonizações, efeitos culturais, fazem com que a língua vai ser pronunciada de uma maneira diferente ou vai aumentar o seu vocabulário ou vai mudar de ortografia para melhor se adaptar às mudanças que estão a ser vividas. Um exemplo muito actual deste fenómeno é o aparecimento de neologismos ligados à informática, sector bastante novo neste mundo de hoje. É por isso que em português de Portugal usam-se palavras como: download, software e pen [clef USB] . Mas estas mudanças geralmente fazem-se ao longo de um relativamente extenso período de tempo e não é imposto quase de um dia para o outro [littéralement : "pratiquement d'un jour à l'autre"] por interesses editoriais ou por alguns intelectuais que exigem, em nome da cultura, uma mudança radical para o nosso português de Portugal.

 

A língua portuguesa é uma língua rica com um passado cultural rico que tem origem principalmente na língua grega e latina. O brasileiro, embora  [embora=bien que+subjonctif] a língua mãe seja portuguesa, tem outras influências, especialmente do americano e dos espanhóis cuja língua é muito mais simplificada do que o português fazendo com que as letras não pronunciadas não são escritas. Assim, embora o português e o brasileiro sejam [bien que+subjonctif] duas línguas parecidas, não são iguais e não têm tido ao longo destes quinhentos e onze anos, nem têm agora, uma evolução igual.

 

É por isso que é importante que o português de Portugal conserve a sua particularidade porque reflecte a cultura portuguesa e europeia.

Há-de realçar ["insister", "réhausser", "souligner", "accentuer"] também que o português e o brasileiro, embora ligeiramente diferentes (ortografia em algumas palavras, algumas regras gramaticais) são línguas quase idênticas como o Inglês e o Americano. Mas estas duas últimas línguas são utilizadas para escrever livros, e-mails, sites da internet, cada uma com as suas próprias características de ortografia e gramática e nenhuma abdica a favor da outra, quando são textos escritos ou quando se fala e os Americanos e os Ingleses entendem-se muito bem, e não têm problemas de importação/exportação nem ao nível económico nem ao nível literário.

 

A língua portuguesa comparada ao brasileiro não é assim tão difícil de se perceber. Se algumas expressões, algum vocabulário, algumas regras ortográficas ou gramaticais são diferentes, o intelecto de cada um é capaz de traduzir, fazendo com que cada um guarde a sua própria língua, entendendo o outro mas preservando a sua cultura.

 

É verdade que daqui há alguns decénios, é possível, até muito provável que óptimo se transforme em ótimo ou tecto em teto. Mas isso se fará ao longo de alguns anos e com certeza durante muito tempo, as duas escritas vão ser aceites. Mas com esse novo acordo ortográfico, nem isso vai ser possível [nem isso = "même pas"], pois em vez de aceitar as duas maneiras de escrever, uma só, a brasileira, vai ser imposta, o que não é lógico para a língua portuguesa pelas razões acima mencionadas.

O que poderia ser aceite é a dupla ortografia como muitas palavras francesas que têm duas maneiras de se escrever (Clé e Clef) ou a dupla gramática: lavar-me e me lavar ou mais que e mais do que, ou bem pior para a nossa língua portuguesa, disse a ela em vez de disse-lhe ou, para os brasileiros, dizer mais pequeno como aqui é aceite em vez de menor, o que seria o correcto.

Essa dupla ortografia/gramática respeitaria assim cada cultura, país e língua, mas também colaboraria para que esses dois povos atrás dessas línguas pudessem compreender-se melhor, na fala e na escrita, se isso alguma vez for um problema, o que nunca foi.

 

É importante também sublinhar que uma imposição tão pouco flexível [si peu flexible] deste novo acordo ortográfico afecta a nossa liberdade individual pois se não temos escolha sobre a maneira correcta/nova de soletrar uma palavra, isso faz com que eu não tenha escolha e reduz a minha liberdade.

 

 

Assim, acabamos de ver que cada língua evolui separadamente [séparément = separadamente] e cada língua possui a sua própria cultura, a sua própria riqueza e subtilidade e ela é própria de um país e não pode ser vendida ou mudada por causa de interesses económicos, ou para satisfazer alguns intelectuais ou um povo cuja população é maior do que a nossa.

 

Magnifique conclusion !

 

Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr - dans Bonus
commenter cet article
6 septembre 2012 4 06 /09 /septembre /2012 14:21

Et oui, c'est la rentrée scolaire depuis mardi 4 septembre en France mais...

Ils ne rentrent que le 17 Septembre au Portugal !! Veinards !

 

En attendant : les cours se préparent pour l'année 2012-2013 !

 

Pour ceux qui sont intéressés  par des cours de portugais (adultes ou scolaires)  en île de France et pour les autres, vous pouvez contacter :

 

   

 

A.P.C.M. - Association Portugaise Châtillon-Malakoff
Présidente : Acacia Da Silva Alves
Activités : cours de portugais, soirées amicales et familiales.

2, Rue Guynemer - 92320 Chatillon - Tél. 01 46 31 71 33

 

 

Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr - dans Infos
commenter cet article
2 septembre 2012 7 02 /09 /septembre /2012 21:34

En juin, plusieurs villes (de France et d'ailleurs) ont participé à une rencontre réunissant des élus d'origine portugaise du monde entier.

Ils ont été reçu par le maire de Cascais (ville située près de Lisbonne et chargée d'histoire)

cascais.png

Etaient présents notamment les sénateurs jack Martins et Mark Pacheco (USA) ainsi que des élus du Canada, d'Afrique du Sud, duLuxembour, de France etc...

 

Les élus ont évoqués leur volonté de  faire participer la diaspora portugaise dans la vie sociale et politique de leur ville.

Ces élus se sont aussi interrogés sur les bonnes façons de promouvoir le Portugal et ses richesses hirs de ses frontières...

Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr - dans Infos
commenter cet article
4 août 2012 6 04 /08 /août /2012 21:11

 

 

Vou bazar => Je me casse

  • dar a wasta
  • vou bazar uns dias

Vidéo : ELEX grupo de hip hop de mocambique...

 


 
Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr - dans Le mot ou proverbe du jour
commenter cet article
17 juillet 2012 2 17 /07 /juillet /2012 22:28

 

ponto-copie-1.jpg

 

Bon, en fait, c'est l'anglais qu'est compliqué :-) Le français est presque aussi simple que le portugais !!

Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr - dans Bonus
commenter cet article