Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog

Présentation

  • : Le blog du portugais à Châtillon
  • Le blog du portugais à Châtillon
  • : Petit support amusant des cours de portugais tout aussi amusants de l'association Franco-portugaise de Châtillon Malakoff - Apontamentos
  • Contact

Recherche

Catégories Des Articles

10 décembre 2010 5 10 /12 /décembre /2010 23:28

 Ola !

 Voici le peu que j'ai retenu du dernier cours. Comme d'habitude, si j'ai oublié quelque chose ou si je me suis trompé, dites-le !


Revisões   :

- ne pas confondre as penas (les plumes / les peines / les chagrins) avec as pernas (les jambes )

Ex:

as penas da cauda do pavão são muito bonitas

as penas não pagam dívidas (les chagrins ne règlent pas des dettes)

os ladrões foram condenados a penas pesadas (les voleurs ont été condamnés à de lourdes peines)


- ne pas confondre  uma queixa (une  plainte : se plaindre = queixar-se ) avec uma caixa (une caisse)
- vós tendes dois cotovelos cada um ("vous avez deux coudes chacun" = tutoiement ) =  / vocês têm dois cotovelos cada um (vous avez deux coudes chacun = vouvoiement)
- têm cada um dez dedos dos pés e vinte unhas
- a cinta (a cintura)
fina : la taille fine

tenho a cinta fina e uma anca larga, que tipo de saias usar?

- Ne pas confondre avec la taille (hauteur) qui se dit "o tamanho"
- abster-se (abstenho-me) : s'abstenir
- um vespertino = diz-se do jornal que se publica na véspera à tarde (um jornal que sai com a data do dia seguinte)

- rabanadas : pains perdus

http://www.viva-portugal.net/recette-rabanadas.php

As Rabanadas juntamente com as Filhós, a Aletria e tantos outros, são doces que não podem faltar no Natal. Quem celebra o Natal, sabe que estas doçarias estão sempre presentes. Aproveite para preparar este doce em vez de o comprar já feito. A sua preparação é fácil e os ingredientes são de fácil acesso.

-  Aletria = vermicelle avec sucre (Nord du Portugal): http://www.youtube.com/watch?v=OG72j8u-_TY

- Arroz doce : riz au lait (Sud du Portugal)

 

 

O conto do dia :

J'ai mis en bleu dans le texte certaines remarques/traductions

 

A menina dos fósforos - la petite filles aux alumettes


    Era uma vez, numa grande cidade, uma linda menina, muito pobre, que ganhava a vida a vender caixas de fósforos, para ajudar o pai.

Numa noite, véspera de Natal, com a neve a cair em abundância [alors que la neige tombait en abondance]  , a pequena vendedora vagueava pelas ruas, afundando [afundar=plonger, enfoncer] nela os seus pezinhos. [Notez le diminutif : ses petits petons] Nas mãos geladas, levava as caixinhas de fósforos. Dentro das casas aquecidas, as famílias cantavam, junto das lareiras [les cheminées] e das árvores de Natal, repletas de presentes.[prendas=presentes=cadeaux]  O cheiro dos assados quentinhos [l'odeur des rôtis bien chauds] espalhava-se pelas ruas.

[espelhar-se  : ici se répandre, se diffuser. Sinon :

[dispersar-se]s'éparpiller
[estatelar-se]s'étaler = cair, estender-se ao comprido
[notícia]se répandre
[boato]courir ]

    Ninguém queria comprar os seus fósforos. Muito cansada, sentou-se num canto [um canto=un coin (sentar-se num canto) ou un chant  (o canto dos pássaros) ] e lembrou-se das bonitas fábulas que a sua doce mãezinha lhe contava, enquanto a embalava [embalar=bercer] nos seus braços quentes.

    O frio aumentava. Com lágrimas nos olhos, ela olhou para as caixinhas de fósforos: se acendesse apenas um para aquecer as mãos, talvez o pai não notasse [notar = remarquer/se rendre compte]. Pegou num fósforo e riscou [riscar= barrer, rayer. Ici : gratter] . Uma chamazinha [uma chama = une flamme ; cf A Chama Olímpica]  quente e luminosa logo brilhou.

Para ela, parecia o calor de um grande fogão ali perto. Pegou noutro fósforo e riscou novamente.

Diante dela [devant elle]  surgiu uma mesa posta com porcelanas e um delicioso assado, recheado com ameixas e maçãs [un délicieux rôti farci aux prunes et aux pommes], exalando um cheiro delicioso. Quando estendeu a mão... a chama desapareceu.

    Só a neve caía diante dela. Acendeu um terceiro fósforo. Agora parecia estar sentada junto a uma enorme árvore de Natal, onde milhares de bolas coloridas e estrelinhas cintilavam.

De repente [tout d'un coup, soudain] , a chama tremeu, o fósforo apagou-se... e tudo desapareceu. A menina riscou mais um fósforo e lembrou-se da sua avó, que sempre a tratara com ternura  [tendresse] . Mas o fósforo apagou-se e a imagem desfez-se.

    O frio aumentava. A menina, então, acendeu todos os fósforos que ainda restavam e à sua volta tudo brilhou. Os seus olhos brilharam quando viu dois braços na sua direcção. Quando acordou, estava numa cama bem quentinha. Todos olhavam para ela com muito amor. Agora tinha uma nova família que a adoptara.

 

NAQUELE LAR  [foyer/famille], O AMOR TINHA ACENDIDO UMA NOVA CHAMA, QUE NUNCA MAIS SE IRIA APAGAR.

 

Para os peritos :

Se+mais que perfeito do conjunctivo / condicional composto

Si je n'avais pas étudié, je n'aurais pas eu les diplômes  que j'ai aujourd'hui

se não tivesse estudado não teria obtido os diplomas que tenho hoje

 

S'il n'avait pas vu le piéton, il l'aurait certainement heurté

piéton=peão (não confundir com pião = toupie)

heurter=atropelar

certainement=certamente

Attention à la mésoclise !

se ele não tivesse visto o peão, tê-lo-ia certamente atropelado  

 

Si nous ne nous étions pas caché dans la grotte, nous nous serions fait surprendre par la neige

Attention à la mésoclise !

Attention a l'accent sur le teríamos

se não nos tivessemos escondido na gruta, ter-nos-íamos feito surpreender pela neve

 

Até breve!!

E FELIZ NATAL !!

 

Partager cet article

Repost 0
Published by portugais.over-blog.fr - dans Aulas
commenter cet article

commentaires

Fredo 26/01/2011 22:19



Trop fort les exemples sur les 3  penas  (les plumes / les peines / les chagrins)



samantha 02/01/2011 16:34



Se não nos TIVESSEMOS.........


 



Petits Bretons 11/12/2010 09:59



Super, merci pour ces belles histoires !


Et pour ces cours. Courage.


Ton blog est très joli !



Sophie 11/12/2010 09:27



Merci Fréderic, une super révision Bisou